Guega Centro Hípico!

// Modalidades

A Escola de equitação Guega dá aulas nas seguintes modalidades:
  • CCE
O CCE, modalidade olímpica do hipismo, teve sua primeira competição no início do século XX, na Europa. O esporte, conhecido também como Triatlon Eqüestre, era restrito aos oficias de Cavalaria, que tinham como missão preparar os cavalos para a guerra. Os animais deveriam demonstrar obediência, agilidade, resistência, coordenação e coragem. As guerras foram acabando, mas o esporte foi ganhando adeptos em todo o mundo. Atualmente, é considerado um dos esportes eqüestres mais completos. Durante os três dias de competição, cavalo e cavaleiro têm que mostrar elegância e precisão do adestramento, além de preparo físico na prova de cross-country com obstáculos fixos que, quando tocados pelos cavalos, não desmontam.
  • Salto Clássico
O salto consiste na transposição de obstáculos. Estes são móveis, que caem quando tocados pelo cavalo.

 

  • Adestramento
O adestramento tem o propósito de ensinar técnicas que levam à harmonia de movimentos entre o cavalo e o cavaleiro, desenvolvendo no animal a disciplina, a prontidão e a elegância nos movimentos. As provas de adestramento consistem em movimentos (passo, trote ou galope) exigidos do cavalo com o objetivo de atingir a perfeição.

 

  • Equoterapia
   A eqüoterapia é um método terapêutico que se utiliza do cavalo para ajudar crianças e adultos com algum tipo de problema físico, psicológico ou cognitivo.
   Os benefícios do tratamento são tão visíveis que cresce o número de adeptos em todo o mundo. A equoterapia é recomendada para casos de paralisia cerebral, acidente vascular cerebral, trauma crâneo-encefálico, atraso maturativo, psicoses infantis, autismo, síndrome de down, dependência química, estresse, depressão, timidez, dificuldade de aprendizado, hiperatividade, falta de coordenação motora, problemas ortopédicos, visuais ou auditivos e posturais.
    Como benefícios físicos, podemos destacar o desenvolvimento do equilíbrio, da noção de espaço e postura, tonificação da musculatura e melhorias na voz e na pronúncia de palavras em função da respiração correta que é trabalhada. Como benefícios psicológicos, pode ser citado o aumento da auto-estima, da confiança e da autonomia, além do desenvolvimento da sociabilidade e diminuição da agressividade e da intolerância à frustração. E por último, os cognitivos, que são: aumento do vocabulário nas crianças e melhora no desempenho em sala de aula, estimulação da atenção seletiva e da concentração.
Veja abaixo como a equoterapia pode ser um coadjuvante no tratamento de doenças: 
 
Característica do Cavalo: Função Terapêutica:
Movimento tridimensional do dorso Fornece imagens cerebrais seqüenciais e impulsos importantes no aprendizado de andar.
Movimento rítmico ou balançar Estimula o metabolismo, regulando o tônus e melhorando os sistemas cardiovascular e respiratório.
Mudança de equilíbrio constante Exige adaptação de equilíbrio, fortalecendo a musculatura e a coordenação.
Imponência e altura Estimula a coragem, a autoconfiança, a concentração e a independência.
Docilidade Desenvolve a calma, a capacidade social e a comunicação.

Equitação na Pré-Escola

    O projeto tem como propósito colaborar com a escola no que for preciso a respeito dos seus alunos,  de acordo com as necessidades apresentadas pelas crianças.
    Visa atender a crianças de 2 a 6 anos, utilizando a equitação com motivador para seu desenvolvimento global.  A meta é desenvolver competências e habilidades que estão na base da aprendizagem de uma forma mais lúdica e prazerosa, melhorando o desempenho na suas atividades diárias.
    Embora se tenha consciência dos benefícios que o cavalo pode proporcionar, ele ainda é um recurso no qual nem todas as pessoas têm proximidade ou acesso. Com a implantação da equitação nas Pré-Escolas, através de parcerias sólidas, pode-se proporcionar grandes avanços nos aspectos psicológicos, físico, cognitivo e sociais dos alunos além de ajudar os professores e orientar os pais na futura formação do indivíduo.
    A equitação trabalha o indivíduo como um todo, isto é, na sua forma biopsicossocial, empregando o cavalo como agente promotor de ganhos físicos, psicológicos e educacionais. Nosso maior objetivo é introduzir a equitação no contexto da aprendizagem, sobretudo quando tratam-se de crianças que apresentam dificuldades sociais ou na área da escrita, matemática, leitura e psicomotricidade.
    A equitação é o único esporte no qual o atleta é dependente de um outro ser vivo, isso faz com que as crianças, desde cedo aprendam o sentido de companheirismo, o trabalho em equipe, amor e respeito para com o seu parceiro, além de facilitar o aprendizado e melhorar a coordenação motora.
    Estudos recentes comprovam que crianças que praticam equitação desde os dois anos de idade apresentam maior concentração tornando mais fácil a aprendizagem, o desenvolvimento da linguagem e comunicação, alem de melhorar o desempenho nas suas atividades diárias.
    O ato de cavalgar em um animal manso, porém de porte avantajado, possibilita ao cavaleiro experimentar sentimentos de independência, liberdade e capacidade, contribuindo assim para o desenvolvimento da afetividade, autoconfiança, auto-estima, a organização do esquema corporal, responsabilidade, atenção, concentração, memória, criatividade, solicitação e agilidade. Pelo seu tamanho, ele impõe respeito e limites, sem se envolver emocionalmente, facilitando assim a aceitação de regras e disciplina. Portanto, engloba ao mesmo tempo, as qualidades de um terapeuta, um educador e um motivador.
    A E.E.Guega tem estabelecido parcerias com escolas infantis para desenvolver o projeto de Equitação na Pré-Escola.
Centro Hípico Guega
Rodovia Anel Viário - Contorno Sul, Km 317, Ribeirão Preto - SP
(16) 3637-8841 - (16) 9195-0506 - centrohipico@guega.com.br